02
Mar
09

obsessão pelo quadrado

 

O que leva  um artista a dedicar grande parte de sua vida e obra, ao estudo das cores numa única forma: o quadrado?

Nada melhor do que a obra de Joseph Albers para  responder isso objetivamente com sua fomosa série “Homenagem ao quadrado”.  Não tem como não ficar hipnotizado, diante da força e beleza das cores e das formas, causadas pela imagem repetitiva dos quadrados.  Já havia me deparado algumas vezes com seus quadros, mas confesso que não havia dado a devida atenção, só  recentemente, quando  vi uma exposição sobre ele no Instituto Tomie Ohtake, é que caí na real!   Vale à pena se aprofundar na obra deste artista. Não trata-se de uma smples obsessão, mas sim de  um estudo profundo, uma entrega.  um esgotamento de possibilidades, uma ousadia de apostar todas as fichas,  que fecha um ciclo.

Joseph Albers, nascido na cidade alemã de Bottrop em 1888, tinha trinta e dois anos quando leu, em 1919, o manifesto da Bauhaus, escrito pelo arquiteto Walter Gropious. Seguiu  um caminho pessoal através do desenvolvimento do modernismo na Alemanha, identficando-se com  Matisse, Cézanne, Van Gogh, Munch, Delaunay, o futurismo italiano e o expressionismo alemão. Abandonou imediatamente sua carreira como pintor expressionista,  e ingressou como aluno da Bauhaus em 1920. Só um gênio pode ter tal desprendimento e humildade. Além de tudo, uma verdadeira lição para quem quer mudar algo na vida.  Em apenas três anos, foi nomeado professor, ao lado do húngaro Lázló Moholy-Nagy, em  um dos cursos preliminares da escola, o Vorkus, com  um ano de duração. 

Ao lado de artistas consagrados como Walter Gropious, Luwig Mies Van der Rohe, Lázló Moholy-Nagy, Hannes Meyer, Paul Klee, Vassili Kandinski, Oskar Shlemmer e Herbert Bayer, entre outros, Albers foi um dos principais responsáveis pelo estabelecimento da tendência racionalista nas artes plásticas, arquitetura e design. 

 

Anúncios

3 Responses to “obsessão pelo quadrado”


  1. 1 celsinho
    Março 5, 2009 às 9:21 pm

    Leone , meu camarada …vce acertou o tiro na môsca !!!
    Joseph Albers é uma estoria muito séria ,a criação requer o inuzitado , porém vce chegar ao novo com o quadrado , geometrico tão trabalhado ,tão divulgado , tão tudo …é realmente impressionante o que ele consegue .
    Juro que tbém fiquei emocionado , com o resultado da sua pintura.
    Ele dramatiza , ele cria uma série de situações que nos levam junto, sempre a cor e o quadrado.
    Adorei tbém.

  2. 2 bdl
    Março 12, 2009 às 11:02 pm

    fui na exposição e aprovo. geometria na veia HUHAUHSUHSAUHSA


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


autor/proposta

josé luiz leone, arquiteto/designer ARQBAR = BAR : balcão+serviço rápido+amigos+ camaradagem+bate papo+ descontração+ circulação de informações+pessoas+ aprendizado+relacionamentos +parcerias+divulgação de trabalhos+ cumplicidade+novidade+ informação+arte+arquitetura+design

Acessos

  • 117,834 acessos
Março 2009
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Páginas

twitter

  • @MarceloTas O mais preocupante da renúncia de Bento XVI é Lula mudar os planos e querer ocupar a santa cadeira 4 years ago
  • a forma do som? wp.me/pqIMY-116 5 years ago
  • Ufa, segundo turno. Nos livramos do Netinho, mas infelizmente não do tiririca.Td bem vamos eliminando pouco a pouco 6 years ago
  • Olha aí o povo dano o recado nas urnas : lugar de pagodeiro e fazer show para quem gosta 6 years ago
  • RT @Ednad: A @locaweb informou que o "problema" pode se manter por 15 dias. Até lá muitos já mudaram para outro fornecedor. 6 years ago

%d bloggers like this: