10
Jun
10

caixa flutuante de memórias

A superfície acobreada que recobre as faces mais longas da barra tem desenhos de composição assimétrica

Como forma de lembrar as 30 mil vítimas da ditadura chilena (1973-1990) de Augusto Pinochet, o   Estúdio América, formado pelos arquitetos paulistas, Carlos Dias, Lucas Feher e Mário Figueiroa, acaba de presentear o povo chileno, com uma caixa flutuante “embrulhada” em cobre, com o Museu da Memória e dos Direitos Humanos. A obra é resultado do concurso, vencido pelos arquitetos, realizado em 2007, pelo Ministério de Obras Públicas do Chile.

Com três níveis integrados por um vazio de 15 m existente entre eles, o edifício tem seis pavimentos , (três de exposições,  o pavimento térreo de entrada,  e dois subsolos)  e foi construído em um terreno de 15 mil m2.

Pontes envidraçadas que se projetam no espaço contribuem  sobremaneira para  perfeita integração dos locais , o  que   diferencia essa obra dos museus tradicionais onde as exposições acontecem numa sucessão de salas. Uma perfeita integração entre os projetos de museologia e arquitetura.

Dentro do conceito geral, estabelecem-se outros dois:  a Barra, com 18 m de largura, por 80 m de comprimento, onde acontecem as exposições; o nível térreo da entrada, e a Base em concreto,  no sub-solo, com dois pavimentos,  onde estão localizados locais para produção cultural, estudos,  seminários  entre outros eventos.

Segundo os autores do projeto :  “Este museu  constitui uma pedra representativa da força e da solidez de uma memória social, cuja presença física no contexto urbano de Santiago,  vai impossibilitar o esquecimento de um dos momentos mais duros e dramáticos da vida chilena”.

Caixas translúcidas contêm o programa

A função principal do programa está distribuída em três pavimentos contidos nessa caixa

Anúncios

1 Response to “caixa flutuante de memórias”


  1. Junho 11, 2010 às 2:34 am

    Porque não se lembram de genios chilenos como Miguel Serrano, embaixador e mestre do verdadeiro Chile, agora prevalencendo a bizarrice de recordar as infames ditaduras lationo-americanas com discursinho preparado e preconcebido de esquerdopata, o tempo lhes sugere uma inensa avaria, que pena !! Talvez se eles buscassem mais no soul seeker teriam como descobrir algo mais profundo…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


autor/proposta

josé luiz leone, arquiteto/designer ARQBAR = BAR : balcão+serviço rápido+amigos+ camaradagem+bate papo+ descontração+ circulação de informações+pessoas+ aprendizado+relacionamentos +parcerias+divulgação de trabalhos+ cumplicidade+novidade+ informação+arte+arquitetura+design

Acessos

  • 117,839 acessos
Junho 2010
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Páginas

twitter

  • @MarceloTas O mais preocupante da renúncia de Bento XVI é Lula mudar os planos e querer ocupar a santa cadeira 4 years ago
  • a forma do som? wp.me/pqIMY-116 5 years ago
  • Ufa, segundo turno. Nos livramos do Netinho, mas infelizmente não do tiririca.Td bem vamos eliminando pouco a pouco 6 years ago
  • Olha aí o povo dano o recado nas urnas : lugar de pagodeiro e fazer show para quem gosta 6 years ago
  • RT @Ednad: A @locaweb informou que o "problema" pode se manter por 15 dias. Até lá muitos já mudaram para outro fornecedor. 6 years ago

%d bloggers like this: