Arquivo de Abril, 2011

20
Abr
11

ensaio sobre a cegueira

O que ficou para mim,   foi a seguinte pergunta:  Se isto significa o que ela não vê, imagine  então,  o que  ela enxerga?

Pinturas Cegas, essa é a  exposição que a diva Tomie Ohtake está nos “concedendo” , no Instituto que leva o seu nome, no frescor de seus 97 anos. Entre o fim dos anos 50 e início dos 60, ela concebeu esta série de pinturas, com os olhos vendados, abrindo uma janela, para um outro tipo de percepção pictórica.

Confesso  que ao entrar na sala onde estão as obras, rolou um troço esquisito, que senti poucas vezes, ao ver uma exposição. Um tipo de transe que me jogou em outras atmosferas. Não conhecia essas telas.  Apesar de conviver há anos com Tomie, através de uma gravura que tenho em minha sala,  fiquei   extasiado e surpreso!  Tive que trabalhar um  conjunto de músculos totalmente diferentes,  na tentativa de desvendar  aquele universo, para mim, inclassificavel.

Ó, seguinte, quando cê  for lá, deixa a iluminação impecável da exposição,  um show à parte,   te conduzir  nessa viagem.

Segundo Eduardo Constantini, criador do Malba – Museu da Arte Latinoamericano de Buenos Aires –  quando folheava o livro onde estão justamente as Pinturas cegas:

“Se a artista vivesse na Europa ou Estados Unidos, seria mundialmente conhecida”.

Claro, nem precisava dizer.

Anúncios
15
Abr
11

babel

Fachada do teatro Club Noir

A eternamente emblemática   Rua Augusta, vem se reinventando, após um longo período de ostracismo e decadência.  Uma fauna nada convencional tem sido responsável por essa transformação.

Ali a deselegância nada discreta de meninos e meninas de classe média alta, antenados  e com acesso a informação, convive em absoluta harmonia com travestis turbinados, casais moderninhos de meia idade, vigaristas aposentados, marreteiros, starlets de strip-tease e evangélicos desiludidos. Hare Krishnas incensando gostosonas de segunda, que  desfilam seus figurinos duvidosos entre, casas de artigos para  umbanda, açougues, cabeleireiros mequetrefes, teatros, restaurantes meia boca, inferninhos com luz vermelha, lojas de roupas ordinárias, e perucas coloridas. Um verdadeiro melting pot tupiniquim.  Tempos Modernos, Blad Runner,  Metropolis?  Arriscaria dizer que é a nova cara de São Paulo – com um pé no caus. e outro na modernidade !

Este cenário multifacetado, além de ser palco para  essa tipologia bastante diversificada,  tem sido também celeiro de espaços alternativos que se  impõe por meio de uma arquitetura despretensiosa e  despojada,  mas cheia de personalidade e vigor. Galerias com bala na agulha, catapultando novos talentos que vão sacudir a cena artística da cidade, escolas multidisciplinares,  funcionando como laboratórios de experimentações, pipocam aqui e ali.

Um exemplo disso, é o Club Noir, encomendado pelos integrantes da companhia teatral que dá nome ao espaço aos arquitetos Lucas Fehr e Mário Figueroa, do Estúdio América. Um grupo de jovens atores em busca de uma sede: esse é o início do enredo que, desenvolvido com o aporte de recursos municipais de fomento à cultura, resultou na obra do pequeno teatro , localizado no início da Rua Augusta, região central de São Paulo.

O teatro, com pouco menos de 300 metros quadrados de área, foi implantado num antigo galpão com planta retangular. O programa é composto de café, livraria, escritórios e uma área com maiores dimensões para o conjunto palco/platéia. De configuração flexível – “tudo poderia ser palco, tudo poderia ser platéia”, comenta Fehr -.

Quando tenho tempo, gosto muito de transitar por esse lado B da Rua Augusta, um lugar pulsante e cheio de informação. Passa lá também!

Balcão envidraçado

Escada leva ao mezanino Área dos sanitários

05
Abr
11

colméias, tetris e muita personalidade.

COLMEIA

Tanto o Honeycomb Apartments – abaixo  inspirado numa colméia –  quanto o Tetris- na  sequência, cujo nome não deixa dúvidas –   foram projetados pelo escritório –   OFIS architects – sediado em Ljubljana na Eslovenia.

O Honeycomb, foi o projeto vencedor do concurso “Slovenia Housing Fund ( Fundo Habitacional da Eslovenia), que tem por objetivo, oferecer apartamentos de baixo custo para jovens famílias que estão se formando.

As duas edificações tem programas similares, com espaços necessários para pequenas familias, porém as unidades   tem  tamanhos diferentes, com dimensões variando de  studios a aptos de três dormitóros.  Não existem elementos estruturais internamente, dando a opção de flexibilidade de lay out, e possibilitando  reorganização constante. O uso de cores fortes, cria  atmosferas variadas dentro dos aptos. Atenção para as telas solares  coloridas na cobertura das varandas. Show!

O que fica de tudo isso, é a importância e a preocupação que é dada ao tratamento visual, com destaque  das fachadas com uma indefctível dinâmica. Embora sejam moradias com  custo reduzido para  população de baixa renda,  fica absolutamente clara a enorme personalidade dos apartamentos. O ser humano precisa da individualidade.  Isso é prova do poder da arquitetura. Será que podemos dizer o mesmo das nossas habitações populares?   Ponto para os eslovenos.

Honeycomb Apartments

TETRIS




autor/proposta

josé luiz leone, arquiteto/designer ARQBAR = BAR : balcão+serviço rápido+amigos+ camaradagem+bate papo+ descontração+ circulação de informações+pessoas+ aprendizado+relacionamentos +parcerias+divulgação de trabalhos+ cumplicidade+novidade+ informação+arte+arquitetura+design

Acessos

  • 120,054 acessos
Abril 2011
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Páginas

twitter

  • @MarceloTas O mais preocupante da renúncia de Bento XVI é Lula mudar os planos e querer ocupar a santa cadeira 5 years ago
  • a forma do som? wp.me/pqIMY-116 6 years ago
  • Ufa, segundo turno. Nos livramos do Netinho, mas infelizmente não do tiririca.Td bem vamos eliminando pouco a pouco 7 years ago
  • Olha aí o povo dano o recado nas urnas : lugar de pagodeiro e fazer show para quem gosta 7 years ago
  • RT @Ednad: A @locaweb informou que o "problema" pode se manter por 15 dias. Até lá muitos já mudaram para outro fornecedor. 7 years ago
Anúncios