28
Fev
13

paraísos artificiais

 

CANON DIGITAL CAMERA

CANON DIGITAL CAMERA

10farm

 

 

Imagina se um camponês do início do século, se deparasse com uma paisagem dessas.  Apocalipse ou juízo final, no mínimo.

Cada coisa a seu tempo, claro.  Mas se   hoje ainda  é meio estranho você estar em um  prédio de nove andares,  cuja sala de reuniões  tem como vista uma plantação de laranjas, no mesmo pavimento, ou para entrar num auditório, ter que atravessar –  como saguão –  um lindo campo de flores,  imagine naquela época?

Coisas de um futuro distante, filme de ficção? Não! Trata-se do edifício batizado de  Urban Farm,  no centro de Tóquio, projetado pelo estúdio Kono Design, que tem árvores de maracujá e  limão,  como divisórias dos locais de trabalho.

Se você ainda  tiver a sorte, de poder exercer seus talentos profissionais, na tal quitanda vertical, poderá sair,  no final do expediente, ostentando um bom saco de feijão colhido diretamente ao lado de sua “escrivaninha”.

Que o espaço está ficando reduzido nos grandes centros,  isso já virou lugar comum, não há outra alternativa a não ser crescer na vertical – os tais  “paraísos artificiais“. Espero, sinceramente,  que este tipo de edificação, embora bastante interessante inserido num certo contexto, não acabe se tornando uma regra no futuro. Espero também, que o planeta não acabe sendo um enorme edifício com jardins suspensos.

Sei que o ser humano é dotado de uma  capacidade de adaptação incrível,  dizem, inclusive, que ele é  o resultado do meio em que vive.   Pode ser que  daqui há algum tempo,  conviver com essas maravilhas contemporâneas seja lugar comum.   Imagino-me saindo de um elevador  junto com meus netos e vendo -os correr em disparada, no centésimo oitavo andar de um prédio no centro da metrópole em direção a uma praia particular que toma todo o pavimento. Aí sim posso me considerar um home  do futuro.

Sem dúvida,  causa um certo impacto, essa aparente incoerência entre as paisagens – prédios, concreto e natureza .  Que venham os prédios inteligentes, auto suficientes, com elevadores panorâmicos, ecologicamente corretos com imensos campos floridos e árvores frondosas nas alturas,  cafés  e restaurantes charmosos nas coberturas, mas continuo achando que nada substituí o cheiro de terra molhada, a paisagem das montanhas  a liberdade de andar descalço na areia, ou a sensação de receber a luz do sol vinda do próprio astro. Que uma paisagem, não exclua a outra e que ambas possam conviver em harmonia.

A falta de espaço, enquanto provocadora da mudança de suporte da natureza que, sai do chão e vai para as alturas,  já é uma realidade, haja vista o exemplo deste edifício,  ou outros com praças,  jardins, piscinas, pistas de corrida,  a metros e metros do chão.  

Talvez tenha ido um pouco longe, só para concluir que,  no prédio em questão, me agrada mais a fachada externa, do que a paisagem interior,  com todo esse apelo telúrico.

Como já disseram os dinossauros do alto dos paleolíticos anos 80:  “As flores de plástico não morrem” , mas também não tem perfume. Ou será que agora já  tem?

URBAN2URBAN 3jpgURBAN406jpgDSC_0357

  (Foto: funcionários do Grupo Pasona)

Anúncios

0 Responses to “paraísos artificiais”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


autor/proposta

josé luiz leone, arquiteto/designer ARQBAR = BAR : balcão+serviço rápido+amigos+ camaradagem+bate papo+ descontração+ circulação de informações+pessoas+ aprendizado+relacionamentos +parcerias+divulgação de trabalhos+ cumplicidade+novidade+ informação+arte+arquitetura+design

Acessos

  • 118,379 acessos
Fevereiro 2013
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Páginas

twitter

  • @MarceloTas O mais preocupante da renúncia de Bento XVI é Lula mudar os planos e querer ocupar a santa cadeira 4 years ago
  • a forma do som? wp.me/pqIMY-116 5 years ago
  • Ufa, segundo turno. Nos livramos do Netinho, mas infelizmente não do tiririca.Td bem vamos eliminando pouco a pouco 6 years ago
  • Olha aí o povo dano o recado nas urnas : lugar de pagodeiro e fazer show para quem gosta 6 years ago
  • RT @Ednad: A @locaweb informou que o "problema" pode se manter por 15 dias. Até lá muitos já mudaram para outro fornecedor. 7 years ago

%d bloggers like this: