Archive for the 'design' Category

03
Abr
13

criações

Entre outras, essas são algumas peças, de mobiliário de  minha autoria. Para quem gostou, aceito encomendas,  e os preços são bem acessíveis.  Dá para fazer diversas combinações  de cores,  materiais e  dimensões. Posso, dar  sugestões  de outras peças. Apesar de existirem peças super bacanas, já prontas, um móvel sob medida é sempre bem vindo e muitas vezes necessário.

A  mesa ‘T’ encaixa-se perfeitamente em salas de jantar e até escritórios. Neste caso, o   tampo é em   compensado de madeira certificada padrão freijó  no tom médio; acabamento das bordas laterais em lâmina de madeira padrão freijó, no tom médio; apoio posterior em compensado de madeira certificada, com acabamento em lâmina de madeira padrão freijó médio; apoio frontal em compensado de madeira certificada, com acabamento em laminado melamínico branco texturizado fosco, com opção de pintura laqueada. Os apoios são fixados em guias localizadas na parte inferior do tampo.   É possível fazer em outras dimensões.

Mesa T

mesa T 1

mesa T3

mesa T8

mESA t7

Banco AU

Peça  multi-função: revisteiro com mesa lateral, banco e aparador. Pode também ser usado como mesa de centro. Dá para fazer várias combinções de material e dimensões.  Esse é em compensado, de madeira certifcada, com acabamento em lâmina de madeira e aplicação de pastilhas de casca de coco.

Buffet Bar

Este buffet, concentra a função de bar, e aparador –  com gaveteiro, porta com prateleiras intermediárias .

Para que as garrafas possam manter-se em pé, foram feitos circulos com diâmetros diferentes, comportando vários tipos de garrafas. A gaveta  do bar, pode ser aberta sem susto, que as garrafas ficam à disposição sem cair, pois cada uma tem seu espaço.  Cabem 12 garafas.

A peça da foto foi revestida em lâmina de embúia padrão linheiro, com estrutura e gavetas em MDF. O suporte das garrafas foi revestido com o  mesmo material   da estrutura. Para o  bar no centro da peça, foi usado MDF pintado de branco com pintura “PU”.  A aplicação da lâmina de embúia padrão linheiro nas portas foi feita em sentidos diferentes , explorando a textura do material. Os puxadores estão embutidos na própria porta e gavetas.  Fixada à parede,   com parafusos e bucha.  É possível ter outras composições de cores  e lâminas de madeira.

06
Mar
13

eu uso óculos

oculos3

Cada um enxerga o mundo de uma maneira diferente,  mas por pura comodidade, levamos para frente a história  de que todos enxergam a mesma coisa.

Lá no fundo,  sempre rola  a seguinte  dúvida:  será que o caboclo  aí ao meu lado, enxerga uma árvore do mesmo modo que eu?  Aparentemente sim.  Pois então, experimente colocar dez pessoas sentadas na frente de uma  e pedir para desenha-la.   Dez desenhos absolutamente diferentes, surgirão.

No final dos 70’s, Carlos Castaneda, propunha,  entre meia dúzia de questões,  “viajandão”  no livro –   “Uma estranha realidade “,  a seguinte baforada aos discípulos do índio mexicano, Don Juan:  Qual  a diferença entre  – ver e enxergar?  

É óbvio que o enfoque era absolutamente esotérico, baseado em conhecimento de outras realidades, através de  viagens à base de ervas alucinógenas.   Quem quisesse ser moderno à época,  não tinha outra alternativa a não ser  embrenhar-se em suas paginas lisérgicas, discutindo o tema à exaustão. Tudo para chegar a simples conclusão  de que sempre existe um outro olhar para tudo, um olhar além, inclusive com  informações transcendentais,  dependendo da veneta do observador ou  da intensidade do farol de cada um.  Outras convicções… outras crenças.

Mas que um bom  par de óculos, nos faz enxergar a vida melhor,  já não tenho a menor dúvida.  Com o passar do tempo, nosso   fiel escudeiro torna-se  um apêndice indispensável,   resultante de estranhas mutações oculares .  Sem eles, somos capazes de sair por aí lendo livros de ponta cabeça. Vexame…  Quando assumem a função de peças de design, valorizam o rosto,  imprimem estilo e  ainda nos conduzem com  elegância em  todos os lugares por onde circulamos.   Luxo total.

Os escuros?  Bem,  esses são um assunto à parte.   Deixo de pagar uma conta, mas não esqueço os meus. Com chuva, sol,  frio, e porque não dizer à noite, sempre estou com eles – os indefectíveis óculos escuros.

Os de grau,  comecei a usa-los depois de muitos e  muitos anos de estrada.  Confesso que não achei muita graça,  mas como  passaram a ser as mãos que me guiam  por esse velho mundão, não tive outro jeito, senão sucumbir a eles. Quando os esqueço, fico à deriva. Um zumbi.

Óculos no rosto são  capazes de imprimir outra identidade. Quem não tem o desejo de se disfarçar, virar outra pessoa?  Mudar,  ficar mais atraente? Clark Kent,  já fazia isso na maior cara de pau.  Crescemos achando que ele e super homem, definitivamente não fossem a mesma pessoa. Um simples par de óculos era o responsável pela dupla identidade. Sempre embarquei nessa viagem?

Óculos bacanas, que ficam bem em nossos rostos,  fazem, não só  com que enxerguemos o mundo corretamente, mas também com que  os outros nos vejam melhor.

Se Fernando Pessoa  e sua trupe de heterônimos, vivessem hoje, fico imaginando que disputariam  à tapa com  Elton John, as últimas novidades.

Talvez por falta de  entregar-se  ao amigo,  pessoas passam pela vida vendo uma coisa e enxergando outra.

Sem querer,  o nosso  bom e velho Castaneda,  tinha razão:   enxergar ou ver,   que seja com  os olhos da alma.

As meninas, nossas eternas pupilas  dançam e  agradecem felizes no palco do nosso olhar, preservadas pela tênue lente de um belo par de óculos que as deixam ainda mais lindas. A  paisagem fica menos embaçada e  pode nos resgatar de  uma inconveniente  ilusão de ótica,  seja física ou espiritual.

django 2

830_509016722452671_581985140_n0culos23oculos12oculos16 

oculos17 oculos20

oculos37oculos49oculos56oculos22                         oculos27            oculos42oculos58                                                                                            

oculos33oculos1oculos10oculos14oculos29
oculos36
oculos40

ocuos24

oculos59oculos24oculos18oculos21oculos15oculos32oculos34oculos41oculos43oculos30oculos61

                                                                                                                                                                                      

13
Fev
13

luz na taça

Completamente dentro do conceito de reciclagem, criada pelo designer Tat Chao , com estudio em Montreal, a Luminária Bipolar, faz parte da coleção IN VITRO, um tributo ao ecletismo  e a beleza do vidro.

O vidro reciclado, é proveniente de  doações de lojas,  produtos de segunda mão, ou com defeitos que não são comercializados.

Segundo o designer essas peças surgem do “renascimento do rejeitado, cujo estilo poderia ser chamado de danificado “.  As peças, especialmente a Bipolar,  são feitas de taças, de vinho ou champagne,  iluminadas com lâmpadas de led, sem o pedestal, unidas por uma abraçadeira de metal.

Gostei do conceito, e iria mais longe:   ao invés de “som na caixa, eu diria luz na taça“.

calice

calice1

calice2

18
Set
12

Lux

Com sede em Tepei Taiwan,  especializada no design de luminárias, é na repetição desse “mantra” – Imaginar outras possibilidades –   que desde de 2009, a  QisDesign,  surpreende seus clientes, trazendo-lhes experiências sensoriais, que vão além da simples função de jogar luz sobre seus ambientes, suas vidas.

Flamenca

Aurelia

Coral

Mycena

Coral Reef

The Anemone Collection, criadas em tiras de poliestireno,  lembram  flores aquáticas.  Moldadas à mão e fixadas uma a uma,  pela light design Olivia d’Aboville, as tiras,  são iluminadas por várias lâmpadas de LED, criando a sensação noturna de corais submersos.

10
Ago
12

dentro e fora comunhão perfeita

” Trocas inovadoras de ensino, experiências e aprendizagem ” …É baseado neste contexto que o escritório HPP Architects desenvolveu o projeto da nova biblioteca médica da Universidade Heinrich Heine e da Clínica Universitária de Düsseldorf Alemanha.  A nova biblioteca médica faz parte do Plano Diretor de 2030 para reorganizar o campus universitário.

A dinâmica da fachada, reflete no design de interiores, através de um fluxo aberto  livre e espacialmente generoso. Uma variedade de materiais contemporâneos e superfícies, tais como resina epóxi, várias madeiras, vidro e superfícies plásticas contribuem para uma atmosfera harmoniosa e inspiradora para estudar e trabalhar.

Sutilmente vai aí um recadinho para a nossa tão respeitada, mas também tão desleixada e  sofrida USP. Que tal incorporar a mensagem dos “caboclos alemães“,  dos quais temos bastante referência em termos de organização e reconstrução. Golasso!

05
Jun
12

ora bolas

Dream Downtown Hotel, hotel boutique, cujo projeto de readaptação, foi feito  pelo studio    Handel Architects  no bairro de Chelsea,  New York .

Existia uma outra edificação no local e em 2006, o studio foi contratado, para converter o anexo principal do  antigo edifício no bacanérrimo hotel. Nem é preciso dizer que cumpriu-se o prometido no projeto. É só prestar atenção na fachada em chapas perfuradas de  aço inox, com aberturas circulares que parecem flutuar como bolhas. O conjunto, além de proporcionar diversas nuances de iluminação no interior do hotel,  marca a fachada com um super diferencial, refletindo tudo o que rola a sua frente. As bolas nortearam  a estética do projeto, inclusive  internamente. Ver detalhes no forro do saguão Eu pessoalmente adoro a idéia.

Vale a pena conferir um pouco mais o trabalho deste escritório. É só acessar o site lá em cima, ou ver o bicho de perto quando for dar uma mordida na BIG APPLE.

07
Maio
12

criadores e criaturas

“Projetar uma peça de mobiliário, é tão complexo quanto projetar um edifício”  Ludwig  Mies Van Der Rhoe.

Bem, então não há mais nada a dizer. Só nos resta dar uma olhada na  amostra da produção mais recente de uma turma de designers/arquitetos, onde o  interessante é presenciar o convívio de práticas diversas no cotidiano de cada profissional. Será que o pensamento do grande mestre, está incorporado nessas criações?  Cada um que faça sua própria avaliação.

Eu particularmente gosto muito do  trabalho da arquiteta Juliana Llussá. Peças bacanérrimas, explorando encaixes na madeira. Vale  à pena conhecer seu atelier na Vila Madalena.

Atenção especial também para a mesa Carambola, , baseada no reaproveitamento de embalagem circular de papelão – Pedro Useche. Absolutamente Topicalista. Sensacional.

Vistas laterais da poltrona Déco, cujo desenho foi inspirado no estilo art déco - Sérgio e Jack Fahrer

Vistas laterais da poltrona Déco, cujo desenho foi inspirado no estilo art déco – Sérgio e Jack Fahrer

Peças da coleção TAK, criadas para a Butzke - Pedro Useche

Peças da coleção TAK, criadas para a Butzke – Pedro Useche

Peças da coleção TAK, criadas para a Butzke - Pedro Useche

Peças da coleção TAK, criadas para a Butzke – também criação de Pedro Useche

Mesa Carambola, baseada no reaproveitamento de embalagem circular de papelão - Pedro Useche

Mesa Carambola, baseada no reaproveitamento de embalagem circular de papelão – Pedro Useche

Cadeira Tobogã - Ovo Design

Cadeira Tobogã – Ovo Design

Cadeira Simbiose - Nódesign

Cadeira Simbiose – Nódesign

Mesa Elos - Nódesign

Mesa Elos – Nódesign

Luminária Bahia - Pedro Mendes

                                                              Luminária Bahia – Pedro Mendes

Cadeira Martina - Pedro Mendes

Cadeira Martina – Pedro Mendes

banco arquiteta Juliana Llussá

mesa arquiteta Juliana Llussá




autor/proposta

josé luiz leone, arquiteto/designer ARQBAR = BAR : balcão+serviço rápido+amigos+ camaradagem+bate papo+ descontração+ circulação de informações+pessoas+ aprendizado+relacionamentos +parcerias+divulgação de trabalhos+ cumplicidade+novidade+ informação+arte+arquitetura+design

Acessos

  • 117,546 acessos
Maio 2017
S T Q Q S S D
« Abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Páginas

twitter

  • @MarceloTas O mais preocupante da renúncia de Bento XVI é Lula mudar os planos e querer ocupar a santa cadeira 4 years ago
  • a forma do som? wp.me/pqIMY-116 5 years ago
  • Ufa, segundo turno. Nos livramos do Netinho, mas infelizmente não do tiririca.Td bem vamos eliminando pouco a pouco 6 years ago
  • Olha aí o povo dano o recado nas urnas : lugar de pagodeiro e fazer show para quem gosta 6 years ago
  • RT @Ednad: A @locaweb informou que o "problema" pode se manter por 15 dias. Até lá muitos já mudaram para outro fornecedor. 6 years ago