Arquivo de Fevereiro, 2009

25
Fev
09

olha isso

Uma das obras premiadas pelo IAB-SP (Instituto dos Arquitetos do Brasil), em 2008,  que me chamou atenção,  foi a Galeria Adriana Varejão em Brumadinho, MG, projetada pelo arquiteto Rodrigo Cerviño Lopez. As faces cegas de concreto aparente fazem com que a edificação se assemelhe a um grande paralelepípedo que, observado da cota mais baixa, parece em parte levitar, enquanto em outro trecho aparenta estar encravado no terreno.

 

Anúncios
23
Fev
09

lavabo básico

                                                                                                                                                                                                                                                                                       

A casa é dos  anos 60, não tinha lavabo.  Havia a necessidade de  ter um. Não tive  outra alternativa a não ser construir.  Como a sala é grande, não vi problemas em projetar um lavabo com as dimensões mínimas necessárias. Está lá, despojado e  charmoso, cumprindo bem sua função e dando um toque especial para a sala. Vejam   o resultado.

Materiaisparede do fundo –  vidrotil branco / paredes laterais  –  massa texturizada branca  Itaplast /          piso – cimento queimado branco – Ns Brasil  /sob o tampo –  seixo rolado branco /  luminária -Reka /               cuba  mod. Inverno – Incepa  /  torneira de parede – Fabrimar/ espelho – vidraçaria Astro / porta de correr recoberta com faixas de  lâmina de embúia – Marcenaria Almir Santos

22
Fev
09

qual a medida do seu passo?

 

 

Arquiteto que se preza anda com trena no bolso?  Nem sempre.  Eu já me peguei sem  ela em algumas situações , mas não me desesperei. Sabe aquele ditado: “Quem tem boca vai a Roma”??  Então quem tem olhos desvenda  caminhos. Estabeleci uma relação com a paisagem – conto passos, meço palmos,  conto azulejos, paralelepípedos, sei quanto mede a  extensão dos meus braços. Mantenho ralações entre as dimensões dos objetos, enfim me viro. Isso vale para qualquer mortal, não precisa ser do ramo. Depois de um tempo, o olho fica traquejado, começa medir tudo sozinho.

Explore outros sentidos, garanto que é um bom exercício.   

Essa trena chinfra, ai em cima,  está sendo vendida na loja  Micasa- www.micasa.com.br. É um objeto do desejo, criada pelo mestre Le Corbusier, para isso,  ele lançou mão de   relações bem malucas/interessantes que só os gênios  conseguem estabelecer. Vale a pena ler as explicações na caixa, é um aprendizado à parte                                                                            

….  Francamente, com ela, o imensurável cabe na palma da mão.

21
Fev
09

dica: unindo o útil ao agradável

 Editorial Magazine, reponsável por publicações sobre arquitetura, design e construção civil, promove no próximo dia 3 de março, o primeiro encontro do projeto Arquitetura 6¹/², com Marcio Kogan e Lino Villaventura, explorando a relação entre moda e arquitetura.
Lino Villaventura é estilista e tem 26 anos de carreira, apresenta suas criações na São Paulo Fashion Week desde a primeira edição do evento. Marcio Kogan é arquiteto premiado nacional e internacionalmente.
Para mediar essa conversa sobre pontos em comum entre arquitetura e moda, o evento contará com a presença do professor Vincenzo Colonna, do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.
O encontro acontece no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional. As inscrições gratuitas podem ser feitas pelo número 11 3587-0007, ou pelo e-mail eventos@editorialmagazine.com.br.
Serviço – Projeto “Arquitetura 6¹/²” – Arquitetura e Moda. Dia 3 de março, a partir das 18h30, no Teatro Eva Herz – Livraria Cultura – Av. Paulista, nº 2073, Conjunto Nacional, São Paulo.

21
Fev
09

contemporâneo e chic

A designer canadense Cristina Covello, criou em parceria com o escultor José Godinho uma linha de móveis e objetos, com madeira reutilizada.

O trabalho fez parte de um programa de intercâmbio entre designers e artesãos criado pela SrtaaT, empresa dirigida por Silvia Sasaoka que desenvolve projetos de design associado à produção comunitária e artesanal.

Essas peças ao lado, são alguns dos  resultados do rabalho, que ainda inclui  bancos individuais, bancos grandes, mesas de centro .

Gosto do trabalho de reaproveitamento de madeira, que além de ser ecologicamente correto, confere as peças uma atmosfera  artesanal e  ao mesmo tempo chic e contemporânea.

Está em cartaz uma exposição no CCBB -Centro Cultural Banco do Brasil chamada Nova Arte Nova, que exibe o frescor de uma moçada nova que vem por aí. Vi o trabalho de um artista, um mural feito de madeia de piso de demolição,  que remete estéticamente às peças ao lado como  a cor e a testura da madeira com aspecto, rústico,  lixado  com sobreposição de tintas, vernizes.  Muito legal!

20
Fev
09

george nelson eternamente moderno

 

George Nelson (1908-1986) foi um dos fundadores do modernismo americano. Estudou arquitetura e artes plásticas em Yale, nos anos 20. Na Europa conheceu uma série de pioneiros do modernismo. Nos EUA tornou-se colunista e apresentou à América Mies Van Der Rohe, Le Corbusier, entre outros. George Nelson ficou conhecio por seu conceito inovador, entre eles o de espaço familiar, que chamou a atenção de Herman Miller, ao qual  associou-se em 1945, chefiando o centro de design de sua empresa. George Nelson é considerado a mais articulada e uma das mais eloquentes vozes sobre design e arquitetura nos E.U.A. do século 20.

 

Luminária série Bublle

Cadeira Coconut

 

 Sofá Marshmallow

                                                        Série Relógios

 Em uma grande variedade de formas e materiais  empregados, os relógios de George Nelson,   romperam com o design tradicional dos relógios   e representavam a modernidade dos anos cinquenta. Hoje em dia seus relógios ainda seguem sendo uma refrescante alternativa aos relógios convencionais.

19
Fev
09

olha isso

                                                                                                                                                             O escritório de arquitetura holandês Oma (Office For Metropolitan Architecture) venceu a competição para o projeto do novo centro de artes performáticas de Taipei (Taiwan). Liderado por Rem Koolhaas, o escritório superou 135 projetos apresentados por empresas de 24 países.

A edificação, um cubo de vidro de 40 mil m², compreende três teatros, um de 1.800 assentos e dois de 800 assentos. Os auditórios também poderão ser utilizados conjuntamente. As áreas de apoio, normalmente escondidas, passam a ser visíveis aos espectadores. e será entregue em 2013.

 




autor/proposta

josé luiz leone, arquiteto/designer ARQBAR = BAR : balcão+serviço rápido+amigos+ camaradagem+bate papo+ descontração+ circulação de informações+pessoas+ aprendizado+relacionamentos +parcerias+divulgação de trabalhos+ cumplicidade+novidade+ informação+arte+arquitetura+design

Acessos

  • 121.072 acessos
Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
    Mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Páginas

twitter

  • @MarceloTas O mais preocupante da renúncia de Bento XVI é Lula mudar os planos e querer ocupar a santa cadeira 6 years ago
  • a forma do som? wp.me/pqIMY-116 7 years ago
  • Ufa, segundo turno. Nos livramos do Netinho, mas infelizmente não do tiririca.Td bem vamos eliminando pouco a pouco 8 years ago
  • Olha aí o povo dano o recado nas urnas : lugar de pagodeiro e fazer show para quem gosta 8 years ago
  • RT @Ednad: A @locaweb informou que o "problema" pode se manter por 15 dias. Até lá muitos já mudaram para outro fornecedor. 8 years ago
Anúncios